nascer para a vida

Antes que seja tarde 

Amigo,

tu que choras uma angústia qualquer

e falas de coisas mansas como o luar

e paradas

como as águas de um lago adormecido,

acorda!

Deixa de vez

as margens do regato solitário

onde te miras

como se fosses a tua namorada.

Abandona o jardim sem flores

desse país inventado

onde tu és o único habitante.

Deixa os desejos sem rumo

de barco ao deus-dará

e esse ar de renúncia às coisas do mundo.

Acorda, amigo,

liberta-te dessa paz podre de milagre

que existe

apenas na tua imaginação.

Abre os olhos e olha,

abre os braços e luta!

Amigo,

antes de morte vir

nasce de vez para a vida.

                                               MANUEL DA FONSECA

verdade, ego, mudança

até onde se pode aconselhar livremente um caminho, uma atitude, uma acção a uma outra pessoa? será que temos distância suficiente do nosso ego? não estaremos a tentar moldar o mundo à nossa vontade?

o que interessa saber numa determinada altura do dia ou da vida: a brutalidade da verdade ou uma simpática e harmoniosa meia verdade? não dará a primeira uma alavanca mais potente para a mudança?!!!!!!!!!. 

promessas cumpridas

conforme prometido por gente de bem iniciam-se mais dois blogs que favorecem a mudança:

Portugal – o país onde vivo, onde Viriato Luz irá expandir as suas reflexões sobre este país em sofrimento (usando as suas palavras) e ao mesmo tempo propor ideias capazes de modificar e contribuir para a felicidade da alma portuguesa. 

Magnólia & Dente de Leão, onde LM (Lasobi Macingafi) revela o que descobriu e vai descobrindo nos campos imensos.

Boa sorte aos dois!   

Pensar duas vezes!…

 Another Day In Paradise – PHIL COLLINS

She calls out to the man on the street
“Sir, can you help me?
It’s cold and I’ve nowhere to sleep,
Is there somewhere you can tell me?”

He walks on, doesn’t look back
He pretends he can’t hear her
Starts to whistle as he crosses the street
Seems embarrassed to be there

Oh think twice, it’s another day for
You and me in paradise
Oh think twice, it’s just another day for you,
You and me in paradise

She calls out to the man on the street
He can see she’s been crying
She’s got blisters on the soles of her feet
Can’t walk but she’s trying

Oh think twice…

Oh lord, is there nothing more anybody can do
Oh lord, there must be something you can say

You can tell from the lines on her face
You can see that she’s been there
Probably been moved on from every place
‘Cos she didn’t fit in there
Oh think twice…

Estive a ler umas interpretações desta música num site interessante SongMeanings. Se pensarmos duas vezes talvez contribuiremos para o nosso lugar no Paraíso / ou um Paraíso para quem não tem nada. Se pensarmos duas vezes talvez vejamo-nos de outra forma. Se pensarmos duas vezes talvez consigamos mudar as coisas… ep,”