Carta para Adriano Correia de Oliveira

Caro Adriano,

Faz hoje 30 anos que partiste. Um dia terás dito “ Espero que o trabalho que está feito sirva para estimular os jovens na procura de soluções que retractem os problemas do seu tempo.”

Agradeço e admiro o teu exemplo, porque é de uma coragem e beleza extremas. É o que precisamos hoje. Coragem para romper com o sistema instituído e firmeza para lutarmos por ideais belos.

Vivemos tempos conturbados. Ontem, centenas de pessoas manifestaram-se em frente à Assembleia da República exigindo a demissão do governo, dos deputados.

Sabes, o fascismo está de volta! O eterno retorno do fascismo de acordo com Rob Riemen. Subscrevo a ideia.

Em trinta e tal anos deixámo-nos aprisionar. Não sei como aconteceu mas somos governados por medíocres, e em democracia! Devia ser um paradoxo.

Os tempos são dramáticos. O teu amigo, Manuel Alegre, diz que quando vocês lutaram tinham um horizonte de esperança, e que hoje a situação é dramática porque não existem perspectivas melhores.

A verdade é que colectivamente portamo-nos mal. Não temos a desculpa de vivermos em ditadura. Acomodámo-nos. Cada um tratou da sua vida e alguém tratou da nossa. O fenómeno não é só Português. Há quem mate a sua cabeça em soluções dentro deste sistema, mas é um labirinto impossível.

Todavia, meu caro, há tanta coisa para fazer! Cabe a nós agora a tarefa de lutar pela liberdade, pela pureza, pelo amor. Acredito nas nossas raízes. Buscar ao Antigo e reexpressar no Presente. Tal como tu, quando foste recuperar as nossas cancões tradicionais. É o que nós teremos que fazer.

Obrigado pelas tuas canções, pela tua voz, e sobretudo pelo teu exemplo.

Saudades,

Do Orçamento de Estado 2012 ao Renascimento da Alma Portuguesa.

Hoje, o primeiro-ministro anunciou as principais medidas do orçamento de estado de 2012. Num país falido em Ideais, Valores, lideram (aparentemente) uns  funcionários ao serviço de um sistema controlado por poucos e que conseguem mascarar como democracia. não há sacrificio que chegue para alimentar a ganancia e sede de poder. não tem havido sacrificio que doa o suficiente para o cidadao despertar. talvez esse tempo esteja a chegar. o orçamento de estado de 2012 é a prova perfeita de que quem governa no Reino de Portugal é incompetente, por não saber resolver o problema do país, e estupido, por querer insistir num esquema em que já está provado que não funciona.

existe, no entanto, uma hipotese de quem nos governa, formalmente, não ser estúpido nem incompetente: é que está com as mãos atadas pelo poder que verdadeiramente governa e decide, ou seja, é cumplice e servidor. não se trata de uma teoria de conspiração, mas sim de uma evidencia que torna explicável toda a actuação dos governantes, não só do Reino de Portugal mas também do mundo dito Ocidental. estão todos mergulhados nesta patranha.

vejam dois excelentes exemplos:

Dividocracia (documentário grego – legendado em Português)

Trailer Oficial Português – INSIDE JOB – A VERDADE DA CRISE

aqui, no Reino de Portugal, o que vamos fazer? Nos ultimos meses tem-se assistido a alguns movimentos civicos bastante interessantes. Os próximo tempos são propicios à mudança. o sistema politico está viciado. . será que nós, os Portugueses, conseguimos actuar colectivamente de forma a agir em nome de Ideais, Valores e não baseado em esquemas individuais e salve-se quem puder?

a próxima de década será de empobrecimento. haverá bastante sofrimento individual e colectivo. contudo é terreno fértil para Renascermos, para despertarmos a Alma Portuguesa. ninguem vai fazê-lo por nós. a Aventura é Agora. não está no nosso  Passado glorioso nem no  Futuro imaginário. É Aqui e Agora.

Existem alternativas ao PS, PSD e CDS.

uma boa entrevista ao líder do Bloco de Esquerda. afinal não existe um só caminho!

o MEP

recorre ao tribunal para impedir que as televisões só façam debates com os 5 partidos que estão na Assembleia da República.

http://www.mep.pt/blog-mainmenu-9/1-timas/1275-mep-recorre-a-tribunal-para-propor-modelo-de-debate-com-todos-os-partidos

nota: parece que o PCTP MRPP também vai fazer o mesmo.

EXISTEM ALTERNATIVAS AOS PARTIDOS PS PSD E CDS!

as novidades(?) do SOL

Sente-se o descontrolo. os que estão adormecidos já estão a acordar (forçadamente) e as avestruzes dificilmente aguentam mais tempo. isto tem vindo a descambar mas ultimamente nota-se um descontrolo mais rápido, não acham? 

sinais dos tempos, penso eu. Sinais de que isto está a cair e é preciso que caia rápido. 

amanhã, o jornal Sol traz mais novidades(?)  

Caminhamos alegremente para o Grande Irmão

Para quem vai aderir ao

cartão único:
 

 

 Assim vai ser o nosso futuro!!!

– Telefonista: Pizza Hut, boa noite!

– Cliente: Boa noite, quero encomendar Pizzas…

– Telefonista: Pode-me dar o seu NIN?

– Cliente: Sim, o meu Número de Identificação Nacional é o 6102 1993 8456 5463 2107.

– Telefonista: Obrigada, Sr. Lacerda. O seu endereço é na Avenida Paes de 
Barros, 19, Apartamento 11, e o número do seu telefone é o 21549 4236, certo? 
O telefone do seu escritório na Liberty Seguros, é o 21 574 52 30 e o seu telemóvel
é o 96 266 25 66, correcto?

– Cliente: Como é que conseguiu todas essas informações?

– Telefonista: Porque estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central.

– Cliente: Ah, sim, é verdade! Quero encomendar duas Pizzas: uma Quatro 
Queijos e outra Calabresa…

– Telefonista: Talvez não seja boa ideia…

– Cliente: O quê…?

– Telefonista: Consta na sua ficha médica que o senhor sofre de hipertensão 
e tem a taxa de colesterol muito alta. Além disso, o seu seguro de 
vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a saúde.

– Cliente: Claro! Tem razão! O que é que sugere?

– Telefonista: Por que é que não experimenta a nossa Pizza Superlight, com 
Tofu e Rabanetes? O senhor vai adorar!

– Cliente: Como é que sabe que vou adorar?

– Telefonista: O senhor consultou a página ‘Receitas Gulosas com Soja’ da 
Biblioteca Municipal, no dia 15 de Janeiro, às 14:27 e permaneceu 
ligado à rede durante 39 minutos. Daí a minha sugestão…

 Cliente: Ok, está bem! Mande-me então duas Pizzas tamanho familiar!

– Telefonista: É a escolha certa para o senhor, a sua esposa e os vossos 
quatro filhos, pode ter a certeza.

– Cliente: Quanto é?

– Telefonista: São 49,99.

– Cliente: Quer o número do meu Cartão de Crédito?

– Telefonista: Lamento, mas o senhor vai ter que pagar em dinheiro. O 
limite do seu Cartão de Crédito foi ultrapassado.

– Cliente: Tudo bem. Posso ir ao Multibanco levantar dinheiro antes que 
chegue a Pizza.

– Telefonista: Duvido que consiga. A sua Conta de Depósito à Ordem está com 
o saldo negativo.

– Cliente: Meta-se na sua vida! Mande-me as Pizzas que eu arranjo o 
dinheiro. Quando é que entregam?

– Telefonista: Estamos um pouco atrasados. Serão entregues em 45 minutos. 
Se estiver com muita pressa pode vir buscá-las, se bem que transportar 
duas Pizzas na moto, não é lá muito aconselhável. Além de ser perigoso…

– Cliente: Mas que história é essa? Como é que sabe que eu vou de moto?

– Telefonista: Peço desculpa, mas reparei aqui que não pagou as últimas 
prestações do carro e ele foi penhorado. Mas a sua moto está paga e 
então, pensei que fosse utilizá-la.

– Cliente: Foooddddddd…….!!!!!!!!!

– Telefonista: Gostaria de pedir-lhe para não ser mal educado… Não se 
esqueça de que já foi condenado em Julho de 2006 por desacato em 
público a um Agente da Autoridade

– Cliente: (Silêncio).

– Telefonista: Mais alguma coisa?

– Cliente: Não. É só isso… Não. Espere… Não se esqueça dos 2 litros de 
Coca-Cola que constam na promoção.

– Telefonista: O regulamento da nossa promoção, conforme citado no artigo 
095423/12, proíbe a venda de bebidas com açúcar a pessoas 
diabéticas…

– Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou atirar-me pela janela!!!!!

– Telefonista: E torcer um pé? O senhor mora no rés-do-chão…! 
 

Depois não digam que eu não avisei!
 

(Li, hoje, este texto e senti-me obrigado a publicá-lo aqui por identificar um perigo que os autores deste blog receiam.) 

 

Pensar duas vezes!…

 Another Day In Paradise – PHIL COLLINS

She calls out to the man on the street
“Sir, can you help me?
It’s cold and I’ve nowhere to sleep,
Is there somewhere you can tell me?”

He walks on, doesn’t look back
He pretends he can’t hear her
Starts to whistle as he crosses the street
Seems embarrassed to be there

Oh think twice, it’s another day for
You and me in paradise
Oh think twice, it’s just another day for you,
You and me in paradise

She calls out to the man on the street
He can see she’s been crying
She’s got blisters on the soles of her feet
Can’t walk but she’s trying

Oh think twice…

Oh lord, is there nothing more anybody can do
Oh lord, there must be something you can say

You can tell from the lines on her face
You can see that she’s been there
Probably been moved on from every place
‘Cos she didn’t fit in there
Oh think twice…

Estive a ler umas interpretações desta música num site interessante SongMeanings. Se pensarmos duas vezes talvez contribuiremos para o nosso lugar no Paraíso / ou um Paraíso para quem não tem nada. Se pensarmos duas vezes talvez vejamo-nos de outra forma. Se pensarmos duas vezes talvez consigamos mudar as coisas… ep,”