A mudança politica necessária!

O discurso do Presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, é extraordinário pelo retrato actual do modelo de desenvolvimento mundial assim como aponta para a mudança que é realmente necessária, o modelo de desenvolvimento da felicidade humana. Ora escutem:

A entrevista a António Barreto sobre a actual situação política.

Nesta excelente entrevista na SIC Notícias (que, na nossa televisão portuguesa, são raras) António Barreto faz uma análise da situação politica actual. Simples, claro, verdadeiro, incisivo:

 Nota: a entrevistadora soube entrevistar, o que também é raro na nossa televisão.

Países contraditórios e a morte da Democracia

Ontem na SIC o primeiro ministro falava de um país irreal enquanto que na TVI passava uma reportagem do país real. Existia uma grande diferença entre os dois retratos. Evidentemente que não foi apenas os de ontem. O primeiro ministro e todos os membros do poder executivo falam e decidem segundo uma lógica irracional. Irracional do ponto de vista de quem, como eu, está a ser governado. Também os poderia classificar como incompetentes. Porém, a situação é mais grave. O poder executivo e quase todo o poder politico decide segundo uma lógica de interesse, não do povo que os elegeu mas sim do seu e/ou de outro particular.

Penso que isto não apresenta nenhuma novidade.

Ora se o poder eleito não cumpre a vontade do povo e sendo esta a premissa fundamental da Democracia é pacifico poder afirmar que vivemos num regime pseudo-democrático. A crise que o país e o mundo ocidental vivem não é apenas económica (e esta resulta em grande parte por causa do tipo de governo das nossas sociedades) é uma crise estrutural de modelo de sociedade. este seguramente vai cair de podre, como qualquer regime, ou como qualquer civilização.

Convem portanto modificar os nossos comportamentos como cidadãos para que rapidamente de instalem mecanismos de uma nova sociedade com novas regras. mais justa, mais solidária, mais feliz.